Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Hipster Chique

humor . nerd . fluente em klingon . criativa - ish . opinião

A Hipster Chique

humor . nerd . fluente em klingon . criativa - ish . opinião

#dia 156 - Carta à minha eu idosa

Junho 19, 2017

Olá,

 

sei que dificilmente conseguirás ler aquilo que te escrevo, mas que tal tentares pôr os óculos? Não sabes deles? PROCURA NA CABEÇA (ou no pescoço).

Agora não adormeças e lê isto...

 

Espero que estejas bem e com isso quero dizer que espero que estejas milionária e casada com alguém 20 anos mais novo que tu. Por mais tentador que pareça a ideia de viver com 12 cães e coleccionar botões, por favor acaba com o meu sofrimento se assim for. Ainda deves ser alérgica a coco, por isso vai em frente, come cocos, muitos cocos.

 

Estou prestes a lançar um livro e não aceito que sejas menos que uma J.K. Rowling ou que tenhas um programa na televisão, não aceitava menos que algo parecido com "As Cartas da Maia".

 

Quando sentires necessidade de urinar, não vás à casa de banho, desiste, usa Tena Lady. Da maneira como eu sou dos ossos, quando tiver a tua idade já nem me mexo. Fraldas é a solução.

Começa a pensar em clubes de damas e bancos do jardim e aponta a tua morada no pulso. Eu perco-me no meu próprio bairro, imagina tu que estarás com menos capacidades.

 

Não escondas dinheiro em gavetas ou outros. Gasta tudo! Quando morreres os teus possíveis netos ou outra família irá andar à procura do teu dinheiro que nem caça ao tesouro. Assim que sentires que a morte está perto, gasta até ao último tostão.

É minha esperança que ainda saibas como mexer em tecnologia, por favor não percas isso. Existem mais botões no comando do que os números, desligar/ligar e como baixar/subir o volume.

 

Caso não consigas ser bem sucedida em nenhum destes parâmetros, estou desiludida, mas nunca espantada.

 

P.S. Nunca contes a ninguém sobre as mortes que fizeste aos 25 anos. Os corpos estão no fundo do oceano, ninguém me chateou até agora e as pessoas mereceram, deixaram de me pagar jantares e cinemas.

 

A Hipster Chique

#dia 155 - Domingo, again... Pedrogão Grande #prayforportugal

Junho 18, 2017

Sim, é domingo outra vez. Mas desta vez não é um dia chato, é um dia triste. 

Pedrogão Grande, foi vítima de um incêndio violento que até agora levou consigo 62 mortes e 60 feridos. Bombeiros tentam combater este inferno que parece não ter fim à vista.

Eu já estive perto de um grande incêndio, o ano passado em Arouca e por mesmo não tendo corrido perigo de vida, vi muitos conhecidos perderem as suas casas e até familiares. Mas nada que se compare ao que está a acontecer em Pedrogão Grande.

 

Perante este horror, sei que posso ajudar pouco ou nada, mas o que fiz até agora foi uma pequena doação para uma conta solidária aberta pela Caixa Geral de Depósitos, "Unidos Por Pedrogão". A Caixa fez uma doação inicial de 50 mil euros, mas 1€ faz toda a diferença. 

Conta: 0001 100000 330

IBAN: PT50 0035 0001 00100000330 42

 

Amanhã, segunda-feira a Uber irá efectuar uma acção de solidariedade entre as 10h e as 17h. Saiba como ajudar:

- Abrir aplicação da Uber durante este período

- Seleccionar a opção AJUDA AOS BOMBEIROS na parte inferior do ecrã

- Faça o seu pedido e um parceiro Uber recolherá o seu donativo no local onde se encontra em poucos minutos, de forma gratuita

 

Outra forma de ajuda é  ligar para a linha solidária do Correio da Manhã, basta liga 760 202 101 (0,60€+IVA), o valor irá inteiro para a ajuda das vítimas do incêndio.

 

Para ajuda aos bombeiros poderá ser entregue na corporação dos Bombeiros Voluntários de Leiria, comida, água, medicamentos e roupa para as vítimas.

 

Mesmo que não seja possível efectuar alguma destas doações, partilhem informação com outras pessoas nas redes sociais.

 

c324aea6e69f34f8a9ab0b6525e9629f.jpeg

(imagem retirada de rtp.pt)

 

#prayforportugal

 

A Hipster Chique

#dia 154 - Viva os livros

Junho 17, 2017

Sou uma amante de livros e como começa a chegar a hora do meu livro vir cá para fora, vou escrever sobre livros. Mas não sobre qualquer livro, vou apresentar-vos os livros que mais acho úteis para a sociedade.

Livros podem ensinar, podem inspirar e até podem emocionar, não imaginam a quantidade de vezes que chorei no fim do livro "Harry Potter e os Talismãs da Morte" porque afinal o Harry Potter não morreu (sim, é verdade. Eu queria que o Harry tivesse morrido).

Já chega de paleio, vamos então aos 5 livros mais úteis da sociedade que ajudam a nível emocional e a nível de capacidades.

 

 

"O Livro Japonês-Judeu do Sexo & Culinária e Como Criar Lobos", Jack Douglas

É um problema real. Um cidadão Japonês, Judeu que precisa de ajuda a nível sexual e culinário e que definitivamente não sabe como lidar com o seu lobo.

Este é um livro de auto-ajuda que ajuda o homem comum, logo que seja Japonês e Judeu.

 

 

"Porquê que os homens tem mamilos? - Centenas de perguntas Que só se fazem a um médico depois do terceiro Martini", Mark Leyner & Billy Goldberg M.D.

Sem dúvida um livro para a estante. Mamilos masculinos, para que servem? Finalmente há um livro que nos dá essa resposta. Eu acredito que terá algo a ver com a forma como vão à casa de banho. Talvez os mamilos possam avisar como irá ser os resíduos em relação à forma, cor e extras.

 

 

"Sentimentos e como destruí-los", Julie Blattberg

Não vejo que seja necessário um livro para esta resposta, mas para todos aqueles que não sabem como destruir sentimentos, por favor comprem.

A meu ver basta um "A sua conta é de 268,97€." ou "Ontem dormimos juntos e hoje descobri que tenho gonorreia.".

 

 

"Dançar com Jesus: Com um anfitrião cheio de Movimentos Milagrosos" (Dancing With Jesus), Sam Stall

Este livro ensina como dançar com a ajuda de Jesus, com a ajuda do maluco do Moisés e do rebelde João Baptista. Temos a Caminhada pela Água, o Empurrão de Judas, o Tango Tentação e até a Conga Apocalíptica.

Lá pelo meio há danças onde incluem chapadas e movimentos pecadores de ancas. Sempre quis aprender a dançar, mas isto é outro nível.

 

 

"Todos os meus amigos estão mortos.", Avery Monsen & Jory John

Seria o nome do meu livro, se já não tivesse sido usado.

Lá fiquei eu com "A Hipster Chique".

 

 

Qual o livro que te iria dar mais jeito no dia a dia? O meu é o Dancing with Jesus.

 

A Hipster Chique

#dia 153 - Demasiado calor para funcionar

Junho 16, 2017

Está demasiado calor e eu sendo uma descendente de animais marítimos, como é óbvio, não consigo funcionar assim.

Demasiado calor, que leva a demasiado suor, que leva a perda de água, que leva a beber muita água, que leva a muita actividade para os meus genitais e respectivos interiores. 

Ou então este calor, que leva à necessidade de ficar fresca, que leva ao uso da ventoinha 24/7, que me leva ao hospital por ficar doente, que me leva à conta da farmácia e como bónus no fim do mês leva ao aumento da conta da electricidade.

Voltarei assim que for possível não queimar em contacto com o sol ou amanhã porque eu fico com saudades!

 

Vou tentar dormir e vou ficar apenas pelo tentar...

 

A Hipster Chique

#dia 152 - Eu ainda jogo Pokémon Go

Junho 15, 2017

(QUEREM TER UM MOMENTO DIVERTIDO E COM CARDIO BENEFÍCIOS?! FAÇAM UM AGACHAMENTO/FLEXÃO SEMPRE QUE LEREM A PALAVRA "POKÉMON" OU "POKÉMONS".)

 

Antes que comecem com julgamentos a pensar "Que vergonha!" e "É tão nerd, ainda joga Pokemón Go.", quero que parem um momento e tentem demorar mais de 5 segundos a julgar.

Ou então não, pensem para aí, porque até é verdade. Sou realmente uma nerd e sim, ainda jogo Pokémon. Não falo só de Pokémon Go, falo de Pokemón Silver na GameBoy Color e cartas.

Comecei pelo Pokémon Snap na Nintendo 64, passei para o Pokémon Yellow na GameBoy Color, depois os tazos e acabou-se uma era nas cartas.

E é disso mesmo que vos quero falar, do Pokémon Go, que para mim só existe no Verão.

Sei que poucas pessoas devem jogar este jogo neste momento que teve o seu ponto alto no último Verão, mas juntei várias experiências deste jogo que hoje vos quero contar.

 

 

O "Creepy Fan"

Este foi aquele tipo de jogador que reparou que eu estava a jogar e fez de mim alvo e atacou-me desta maneira: 

Creepy: "Olá. Estás em que nível?"

Eu: "Olá, estou no 15 e..."

Creepy: "Ah! Eu estou no 21 e ando com Lucky Egg e Incense a funcionar."

Eu: "Bo..."

Creepy: "Vais colocar um Lure aqui? Eu posso colocar! Tens Lures?"

Eu: "Não vou colocar aqui nenhum Lure, mas tenho algun..."

Creepy: "Eu apanhei alguns raros graças ao Lure e vim a pé desde o Campo Pequeno para chocar 4 ovos de 10km que tinha."

(Pelo cheiro eu acreditei...)

Eu: "A..."

Creepy: "Sabes o que se apanha por aqui? Queria tanto um Snorlax e um Vulpix e um Lapras e um Charizard e um Growlithe! Ouvi dizer que há Pikachus na Baixa! Bué fixe, não? Vim pelo estádio universitário, é assustador agora de noite mas apanhei 3 Bulbasaur. Porreiro!"

...

Eu entretanto fugi.

 

 

Os "Peregrinos"

Para quem não sabe, uma das formas de jogo do Pokémon Go é o "chocar ovos". E como é que conseguimos chocar ovos? Basta caminhar. Há ovos que se conseguem chocar em 2km, outros em 5km e outros em 10km. Quantos mais quilómetros forem precisos para chocar os ovos, mais raros ou fortes serão os pokémons no seu interior.

Numa noite eu juntei-me com dois amigos a um grupo de "peregrinos" que andava pela Praça de Espanha a colectar pokémons e a fazer quilómetros para chocar ovos. Todos os juntos começamos a caminhar. Horas depois fomos dar connosco numa feira popular em Benfica. Até hoje não sei como fomos lá parar...

Tivemos de apanhar um táxi para a volta e quando cheguei a casa tinha os ovos todos chocados e bolhas de água nos pés.

 

 

A "Peregrina" em forma

Digam o que quiserem, mas graças a este jogo dei por mim na melhor forma que alguma vez já tive. Foram feitos mais de 130km naquele Verão e tudo a pé.

De referir que tive sempre cuidado com a estrada. O jogo é divertido e ajudou-me a desalapar o rabo do sofá, mas há limites e segurança sempre em primeiro lugar. Foi por isso que fui para aquele descampado a meio da noite em busca de um Pikachu e que atravessei a auto-estrada para apanhar um Charmander. Estou a brincar (I wish)...

 

xyzJ-gjW.jpg

 

Sentem a dificuldade de me "respeitarem" após isto? Não?! Leiam outra vez, há-de fazer o seu efeito.

 

Pokémon .. Pokémon .. Pokémon .. Pokémon .. Pokémon .. Pokémon .. Pokémon .. Pokémon. Bom exercício!

 

A Hipster Chique

#dia 151 - As fases de uma dieta

Junho 14, 2017

Dieta.

A palavra que tanto pode meter medo, como meter pavor. Penso que uma boa parte da população já fez ou tentou fazer dieta, mas o problema é que nem sempre é algo fácil de ser alcançado.

Eu por exemplo, já tentei fazer dieta muitas vezes e algo acaba por dar errado. Usando as 5 fases do luto, porque achei apropriado para este post, irei percorrer o processo de uma dieta. 

 

 

NEGAÇÃO

Aqui começa tudo. Estás confiante, vais ao nutricionista, compras produtos saudáveis no supermercado, escolhes o dia do pecado e até és capazes de fazer um esquema de exercício físico. Tudo isto é uma negação da realidade. 

Bem lá no fundo sabes que os 40€ gastos no nutricionista foram em vão, que os produtos saudáveis do supermercado vão apodrecer e fazer bicho, o dia do pecado vira 24 horas por dia, 7 dias da semana e a realização do esquema de exercício físico será dos poucos exercícios físicos que irás fazer.

Mas já lá vamos...

 

 

RAIVA

Aquela receita saudável de salmão com brócolos que irás ver na internet e que vai parecer tão apelativa e saudável... vai virar, como por magia, bife com batatas fritas em 5 segundos e o único verde será a cor do prato onde comes. E aí vem a raiva por não estares a conseguir seguir o plano. Partes pratos e mobília, esqueces e pensas que o exercício vai salvar-te dessas calorias.

Fazes exercício e imploras a uma divindade, que por vezes nem acreditas, para acabar com a tua vida de forma rápida após o primeiro agachamento.

 

 

NEGOCIAÇÃO

Nesta fase tudo vira um negócio. Comes um pacote de batatas fritas ao lanche se jantares legumes salteados. Vês 5 episódios seguidos na Netflix com o rabo alapado no sofá se passares o mesmo tempo a fazer exercício ao ar livre. Até que chega aquele dia em que tens de ir ao mercado negro para continuar a manter a negociação activa. O pacote de batatas fritas por metade de uma cenoura crua. 10 episódios ao mesmo tempo que levantas o comando como exercício.

Tudo um negócio activo e ao mesmo tempo ilegal.

 

 

DEPRESSÃO

Chegou a vez de tomares noção do que realmente se anda a passar e sabes que nunca irás conseguir levar a dieta em frente e aquele peso não irá embora. Sentes um vazio dentro de ti e perdeste a pouca determinação que tinhas. E para preencher esse vazio lá vai o assalto ao frigorífico, à despensa, ao frigorífico do vizinho de cima e do vizinho de baixo... nada te escapa.

Com possíveis episódios de choro agarrada a uma garrafa de Coca-Cola, ao som de All By Myself ao mesmo tempo que comes donuts.

Fica feio por vezes...

 

 

ACEITAÇÃO

Finalmente aceitas que és uma vaca gorda que nunca há-de largar os pastos. Compras t-shirts com a frase "Food is life", porque em inglês tem mais poder e viras foodie a tempo inteiro... pelo menos até à próxima dieta.

 

 

Como é óbvio isto é uma paródia, que por vezes se torna real. Mas o importante é que te sintas bem no teu corpo e que tenhas saúde. Se para ter saúde é necessário uma perda de peso e uma vida mais saudável, acredito que ajude a que estas fases não aconteçam tantas vezes.

 

A Hipster Chique (actualmente em dieta, fase "Negociação", por isso já sabemos como será a próxima semana da minha vida)

#dia 150 - Há 150 dias atrás...

Junho 13, 2017

DeLorean prepara-te, vamos voltar a 17 de Janeiro de 2017... há exactamente 150 dias atrás.

 

Eram 3h da manhã, e nas traseiras do prédio 25 lá estava uma janela semi-aberta, com luz que irradiava para fora e lá dentro conseguia ver-se, porque quem lá vive não sabe o que é ter vergonha, uma alma semi-viva, deitada como uma estrela do mar preparada para ser possuída e brincar com o tecto do quarto. 

Contudo, um problema havia chegado perto daquela alma, um problema chamado insónia.

 

E o que se faz quando há insónia? Maratona de séries e perseguições virtuais nas redes sociais. 

 

De repente aquela alma... Ok, penso que já chega. Como já devem ter percebido, a alma era eu e posso confirmar que a acção de ser possuída só aconteceu após as 6h da manhã.

Voltando...

De repente eu tive uma ideia..."Estamos no início do ano e ainda tenho um mês de férias. Vou fazer um blog para me manter ocupada", pensei. 

O problema é que todos os blogs que já tive duraram no máximo duas semanas. Mas decidi dar outra oportunidade, mas desta vez decidi criar blog na Sapo Blogs.

 

Abrir computador, entrar na Sapo Blogs e agora era pensar num nome. Sabe-se lá porquê, dei por mim a escrever "A Hipster Chique". A questão é, talvez inconscientemente tenha criado este nome porque sempre achei estes conceitos um pouco ridículos, "ser hipster", "ser chique". Tem lógica? Talvez não. 

 

Após criado o blog, criei um email e deixei estar.

 

Durante o dia seguinte, estava eu no café e decidi escrevi o meu primeiro post, "#dia 1 - Um ano novo, nova Hipster Chique". Escrevi e escrevi. Apaguei e voltei a escrever e deixei estar nos rascunhos.

Cheguei a casa, jantei, vi as minhas séries e às 23h22 lancei o que seria o primeiro post do meu blog.

Isto tem sido uma aventura de escrever todos os dias sem parar, muitas vezes mais que um post por dia, uma série chamada O Sítio e muita estupidez à mistura.

 

150 dias depois, neste dia, 13 de Junho de 2017 encontro-me no mesmo café a escrever este post e daqui a 4 dias o blog faz 5 meses de vida e brevemente vai sair um livro da minha autoria retirado deste mesmo blog.

 

Adoro este mundo, adoro escrever e adoro as pessoas que pertencem a este cantinho da interweb e que tem tanto para dizer. 

 

Obrigada por acompanharem esta estrela do mar bêbada possuída.

 

A Hipster Chique

#dia 149 - 50 demonstrações de honestidade (quase!)

Junho 12, 2017

Estou quase nos 150 dias de escrita consecutiva, mas como tenho algo preparado para amanhã e como já vem sido regra, de 50 a 50 posts faço um pequeno TAG com perguntas e respostas a meu respeito. Este chama-se TAG de Honestidade e prometo 76% de honestidade e 24% de outras coisas. Algumas perguntas podem já ter sido respondidas aqui, mas eu sei que vocês adoram saber de mim (pelo menos tentem fingir que tenho razão!).

 

1. Que estás a vestir hoje?

Blusa azul da H&M, calças de ganga clara da Forever 21 e ténis Vans slip-on azuis. A roupa interior não digo, seus tarados!

 

2. Já estiveste apaixonada?

Todos os dias da minha vida pelo meu peluche pato. 

 

3. Já tiveste um mau fim de relação?

Nunca perdoei o meu primeiro telemóvel de ter deixado de funcionar. Até hoje penso que fez só para me magoar.

 

4. Qual é a tua altura?

1.60m 

 

5. Quanto pesas?

Isso não se pergunta a uma senhora e não digo isto porque não sei a resposta.

 

6. Tens tatuagens?

Quando coloco as do Chipicao, tenho.

 

7. Tens piercings?

Não. Já tenho buracos que cheguem no meu corpo.

 

8. Favorito OTP?

Shamy (The Big Bang Theory).

 

9. Série favorita?

The Big Bang Theory.

 

10. Que idade tens?

25, mas todos me dão 15...

 

11. Algo que tens saudades?

De ter 15 anos e darem-me 15 anos.

 

12. Bandas favoritas?

Simple Plan, Coldplay e The Beatles.

 

13. Música favorita?

De momento, Martin Garrix & Troye Sivan - There For You.

 

14. Signo?

Leão/Virgem.

 

15. Qualidade que procuras num companheiro?

Que seja real.

 

16. Frase favorita.

If we really want science to advance, people should have chips implanted in their skulls that explode when they say something stupid. 

 

17. Actor favorito.

Jim Parsons e recentemente Giles Matthey.

 

18. Cor favorita.

Azul, rosa e cinzento.

 

19. Música alta ou baixa.

Alta.

 

20. Para onde vais quando estás triste?

Quarto.

 

21. Quanto tempo demoras a tomar banho?

Depende dos dias e do nível de podridão que sai de mim.

 

22. Quanto tempo demoras a ficar preparada de manhã?

A verdade é que acho que antes das 11h mesmo que me levante nunca estou verdadeiramente preparada, seja para o que for.

 

23. Já estiveste numa luta física?

Já. Era viciada em Tekken.

 

24. Turn on?

Sussurro no ouvido "Hoje pago eu a pizza.".

 

25. Turn off?

Sussurro no ouvido "Hoje pagas tu a pizza.".

 

26. A razão porque criei um blog.

Insónia.

 

27. Medos.

De falhar na vida e de que a cadela lá de casa seja bem sucedida na violação do meu pato.

 

28. A última vez que choraste. Porquê?

No filme WonderWoman. Não vou dar spoilers.

 

29. A última vez que disseste que amas alguém.

Amar? Que é isso?

 

30. O significado do nome do teu blog.

Até hoje não sei e acho que nunca vou saber.

 

31. O último livro que leste.

The Subtle Art of Not Giving a F*ck, de Mark Manson.

 

32. O livro que estás a ler neste momento.

O Filho de Thor, de Juliet Marillier.

 

33. A última série que viste.

Estou neste momento numa maratona cheia de nostalgia da série How I Met Your Mother.

 

34. O último filme que viste.

WonderWoman. 

 

35. Qual a relação entre ti e a última pessoa que trocas-te sms.

Mais próxima do que queria.

 

36. Comida favorita.

Lasanha.

 

37. Um sítio que queiras visitar.

San Francisco.

 

38. O último sítio onde estiveste fora da tua zona de habitação.

Pingo Doce.

 

39. Tens uma crush?

Sim.

 

40. A última vez que beijas-te alguém.

Ontem à noite dei um beijo muito suspeito ao meu pato.

 

41. A última vez que foste insultada.

Hoje. Olhei no espelho e chamei-me fuinha com herpes na cara. Tanta borbulha porquê?!

 

42. Doce favorito.

Leite creme.

 

43. Que instrumentos tocas?

Piano e ukulele.

 

44. O último desporto que praticas-te.

Levantei-me da cama.

 

45. Peça de joalharia favorita.

Relógio Lotus, edição especial Fernando Pessoa.

 

46. A última música que cantas-te.

Coldplay - Everglow.

 

47. Como começas uma conversa com alguém?

Olá, eu jogo Pokemon Go.

 

48. O último vídeo do Youtube que viste.

David Guetta ft. Justin Bieber - 2U (The Victoria's Secret Angels Lip Sync)

 

49. Quais os teus maiores sonhos?

Os que duram mais que 4 minutos por sono.

 

50. Quem deveria fazer isto a seguir?

Quem quiser, seja bem vindo!

 

A Hipster Chique

#dia 148 - Domingo, again...

Junho 11, 2017

Lá chegou outra vez, o dia mais estúpido da semana. O Garfield estava errado, não sobre a lasanha que isso era pecado de se dizer, mas sobre as segundas feiras serem horríveis. Não, DOMINGOS são horríveis. São os Jar Jar Binks dos dias da semana (referência Star Wars).

 

E o que fiz neste sábado!?

  • Dormi que me fartei

 

  • Continuei a maratona de How I Met Your Mother que comecei no sábado

 

  • Escrevi para a minha série aqui do blog, O Sítio

 

  • Joguei Star Wars: Battlefront que nem uma doida

 

  • Toquei ukulele e aprendi a tocar a Everglow dos Coldplay

 

  • Lavei roupa porque podridão tem limite quando se trata de cheiro

 

  • Tomei banho porque podridão tem limite quando se trata de cheiro

 

  • Mudei a fronha das almofadas porque podridão tem limite quando se trata de cheiro

 

FUN! Só que NÃO! Amanhã é segunda, um dia normal.

 

A Hipster Chique

#dia 147 - O que vem aí?

Junho 10, 2017

O que vem aí são séries novas!

E eu quero apresentar aqui aquelas que mais me intrigaram e ao qual eu irei dar uma oportunidade. Várias séries vão ter o seu fim e eu preciso de substituições, mas claro que isto é apenas uma desculpa, porque mesmo que não houvesse seasons finales eu iria adicionar mais e mais e mais e mais....e mais!

Vejamos então o que está para vir neste maravilhoso mundo.

 

 

LIFE SENTENCE

(THE CW)

MV5BMjA5MTYyMjQ2MF5BMl5BanBnXkFtZTgwNDk0NTM0MjI@._

A nova comédia dramática da The CW intrigou-me mais pelo elenco do que pela história, mas acho que merece uma oportunidade.

A história fala de Stella (Lucy Hale) que descobre que afinal não está a morrer com um cancro, está sim curada. Com o seu pensamento na morte certa, Stella viveu até então uma vida cheia de aventura e emoções, uma vida "vivida como se fosses morrer amanhã". Estando curada, terá de aprender a viver de novo e vai descobrir que as escolhas que fez tiveram as suas consequências.

Lucy Hale (Pretty Little Liars) e Elliot Knight (Once Upon a Time) fazem parte do elenco.

 

Trailer

 

 

 

BLACK LIGHTNING

(THE CW)

3EC0C7A900000578-4365188-image-m-18_1490890348210.

O super-herói com poderes eléctricos da DC Comics, conhecido por Black Lightning ou Raio Negro vai ganhar a sua série de televisão. Teve a sua primeira aparição em BD, no ano de 1977 e foi um dos primeiros super-heróis negro.

Black-Lightning-original-series.jpg

 A história fala de Jefferson Pierce, um super-herói reformado que decide voltar ao activo como vigilante da justiça. Após ter feito a sua escolha de viver uma vida calma ao lado da sua família, o crime aumentado faz com que volte ao activo e a necessidade de proteger as suas filhas, que não precisam assim tanto de protecção, não o faz duvidar dessa escolha.

Cess Williams (Prison Break) como Black Lightning/Jefferson Pierce. Com Christine Adams (Agents Of Shield), Nafessa Williams (Code Black) e China Anne McClain (A.N.T. Farm).

 

Trailer

 

 

 

THE GOOD DOCTOR

(ABC)

MV5BYjVkNmEyNTAtZWRkMy00N2I2LWEyZWItODZjNzJmMDJlNm

Um novo drama médico da ABC, que conta a história de Shaun Murphy, um cirurgião jovem com autismo e com síndrome do sábio (savant syndrome) que é transferido de uma pequena cidade para se juntar à unidade cirúrgica de um hospital de prestígio. Sozinho e com uma dificuldade de se relacionar pessoalmente com outros, Shaun usa os seus fantásticos dons cirúrgicos para salvar vidas enquanto ao mesmo tempo lida com o cepticismo e discriminação dos colegas.

Com o brilhante Freddie Highmore no papel de Shaun Murphy.

 

Trailer

 

 

 

YOUNG SHELDON

(CBS)

MV5BZTRmNWI4ZDYtODRlMS00YTgzLWI4YzYtZjdlNjZkODZhMT

E QUE DEUS SEJA LOUVADO POR FAZER ESTAS MARAVILHAS ACONTECEREM! UM AMÉM EM CONJUNTO... AMÉM!!!

E agora que tirei o que precisava do sistema, aqui vamos nós. Young Sheldon a prequela da série The Big Bang Theory vai mesmo acontecer. Chuck Lorre e Steven Molaro, criadores de The Big Bang Theory estão por detrás desta série que vem contar a vida de Sheldon de 9 anos, no ano 1989, preparado para ir para o ensino secundário. A vida do génio mal compreendido pelos amigos, família e colegas, mas que não é doido, a mãe mandou fazer os testes. Tudo isto com a fantástica voz de Jim Parsons (adulto Sheldon Cooper) na narração.

Iain Armitage (Big Little Lies) como Sheldon Cooper. Com Zoe Perry (que é filha na vida real da actriz que interpreta a mãe de Sheldon em adulto), Lance Barber, Montana Jordan e Raegan Revord.

 

Trailer/First Look

https://www.facebook.com/YoungSheldonCBS/

 

Espero que gostem!

 

A Hipster Chique

ANDO A LER

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D