Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

Qua | 12.04.17

O Sítio . Capítulo II

CAPÍTULO I

 

CAPÍTULO, O SEGUNDO

 

De repente uma mensagem aparece no quadro de pano...

 

Uma imagem tremida e no fundo uma silhueta de uma mistura de E.T. com Godzilla aparece como se fosse um holograma e uma voz robotizada fala:

 

"Hielo cidadãos d'O Sítio, o meu nome é princesa Maionese e venho para vos avisar que em primeiro já está na hora de matarem a Madonna e em segundo que vocês tem 4 dias para me entregar a minha cria, que roubaram de mim há 17 anos. Por cada dia irei lançar uma maldição até ao juízo final. Inté."

 

O quadro de pano pegou fogo e um misto de choque e susto entrou no ar... Não, estou a gozar, toda a gente pensou que era um vírus, porque no fundo são um bando de osgas, mas eu e o Hugo ficamos com a pulga atrás da orelha.

Quem seria a princesa Maionese? E porque lhe roubaram a cria? Tudo perguntas que rodavam pela minha mente...

 

No fim das aulas eu e o Hugo estávamos na entrada da escola e observamos a vaca amestrada, que pela identificação oficial se chama Carolina Banana, a fazer uma espécie de dança do cio para o novo aluno Tobias, algo muito sexual e idêntico aquilo que os hipopótamos de Fantasia fizeram. Carolina achava-se muito especial porque é neta do Cristiano Ronaldo e filha do Cristiano Ronaldo Junior que comprou a plantação de bananas da Madeira e tornou-se então Cristiano Ronaldo Banana Junior. Ao coitado nasceu-lhe um terceiro testículo e jogar à bola deixou de ser opção.

Estávamos em estado de choque a observar aquele terror quando uma voz rouca e máscula nos acordou do transe...

"Aquilo é normal ou a rapariga está a ter uma convulsão?"... Era Ema Luca Custódia e sem dúvida partilhava da nossa opinião quanto ao ridículo comportamento que estávamos a presenciar.

Ema sorriu-nos e dirigiu-se para Tobias. Deu-lhe o braço e entraram num carro preto seguindo caminho. 

 

Eu e Hugo sabíamos o que fazer. Fomos para o café do Xavier com o meu computador e queríamos começar a investigação pois aquela mensagem estava bem retida na nossa mente.

Assim que pesquisamos o nome "Princesa Maionese" o computador desligou-se e o mesmo continuou a acontecer das próximas quatro vezes que tentamos fazer a pesquisa. Pesquisamos então "Miley Cyrus candidata presidencial" e o motor de pesquisa funcionou. 

Cada vez mais intrigados fomos à biblioteca e todos os livros que tinham a palavra "maionese" desapareceram...

 

"Acho que hoje não vamos encontrar mais nada. É melhor ir para casa.", disse eu ao Hugo. Ele concordou e seguimos então caminhos separados.

A caminho de minha casa passei pela mansão dos Custódia e um zumbido forte captou a minha atenção. Decidi ir espreitar pelo portão. Uma luz brilhante azul cegou a minha visão e... Acordei no meu quarto três horas depois.

"Mas o que se passou?", perguntei eu a mim mesma.

Levantei-me e senti uma presença no canto escuro do meu quarto, soltei um grito...

 

"Quem está aí?!".

 

Uma silhueta moveu-se para a luz...

 

CAPÍTULO III    

 

O SÍTIO.jpg

 

(Esta é uma série que comecei a escrever há pouco tempo e aqui está o segundo capítulo. Link no primeiro capítulo no inicio. Hei-de escrever todas as semanas, mas caso tenham sugestões para esta minha pequena história, por favor, contribuam, com pequenas ideias, capítulos, entre outros. Escrevam comigo ou deixem-me escrever para vocês, que acham?!)

9 comentários

Comentar post