Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

Seg | 17.04.17

#dia 93 - O mundo dos filmes de terror

O tema deste post foi trazido pela senhora minha mãe, uma apreciadora profissional de filmes de terror. É graças à minha mãe que neste momento me encontro viva e é também graças a ela que neste momento não consigo ver um filme de terror sem ter pesadelos durante um mês ou transformar a minha cama num lago urinário. 

Sabem quando abusam de algo e depois enjoam ou ficam enojados só de ouvir falar? Foi o que me aconteceu com os filmes de torres, vi tantos com a minha mãe que acabei por ganhar uma certa intolerância.

Mas como é óbvio depois de tantos filmes ganhei uma certa experiência que me dá qualificações para escrever, criticar ou ridicularizar este género cinematográfico...

 

Loiras

Sinto-me ofendida, sou loira e pelo que percebi tudo o que é loira dura 2 minutos em filmes de terror e todas tem um IQ que não faz inveja nem a uma batata cozida! Porque? Eu mal me lembro de uma protagonista loira que sobreviva, não fique maluca ou não seja o espírito maligno do próprio filme. Já chega de ridicularizarem as loiras! Protesto!

 

Barulhos

Que fariam se ouvissem um barulho demasiado suspeito na vossa casa durante a noite? Eu não sei quanto a vocês, mas eu definitivamente tentava ir para a saída mais próxima da minha casa e ligava à polícia. Não me interessa que fosse o cão a usar o abajur como objecto sexual, eu entro em modo de emergência. Em filmes de terror só vejo aqueles atrasados a ir em direcção ao barulho e a perguntar "Está aí alguém?"... sim filha, vai-te mesmo responder e nem te mata nem nada!

 

Comunicação

Por algum motivo eu acho que as personagens me vão ouvir porque eu passo certos filmes a gritar para o ecrã "Não vás para aí!", "Foge do país!", "Queima a boneca, foge e muda de nome.", mas nada. Eles não me ouvem e eu como é óbvio sei tomar melhores decisões de vida. Enfim...

 

Bonecas

A boneca muda de sítio, faz barulhos e mesmo assim acham normal e continuam com ela. Se eu visse o meu pato de peluche a aparecer num sítio que definitivamente não fui a eu a colocar eu mandava-o para o lixo, queimado! E se fizesse um som, eu mudava de casa e deixava-o para trás. 

 

Luz

Nos filmes dá-me a sensação que ninguém paga a conta da luz. Está sempre tudo uma escuridão! Ou então não gostam de interruptores. Eu assim que chego a casa vou ligando tudo o que me aparece à frente porque o escuro assusta-me. 

 

Espíritos

Só de imaginar que haveria um espírito em minha casa eu apenas mudava de casa. Agora aquela gente anda com crucifixos, água benta, chama o exorcista e ainda implora para o espírito ir embora! Haja inteligência. Se fosse um filho possuído, eu mandava para a adopção!

 

Eu sobrevivia em filmes de terror, porque não aparecia mais após a primeira indicação de algo errado.  

 

A Hipster Chique

 

 

 

14 comentários

Comentar post