Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

Ter | 28.02.17

#dia 45 - O "Maravilhoso" mundo do Apoio ao Cliente

É que nem quero saber se trabalhas num Apoio ao Cliente de uma empresa qualquer, para mim 80% destas pessoas são anormais! Eu já tive tantas experiências com o Apoio ao Cliente que hoje depois de 2 horas ao telemóvel com uma empresa de telecomunicações, porque não lhes vou dar uma promoção de borla, reuni todas as chamadas que fiz para o Apoio ao Cliente e três histórias merecem ser contadas. Aqui vão os três momentos da minha vida que eu temi pela vida de outra pessoa, porque eu quis matar...

 

"Sra. Maria, Sra. Ana, Sra. Kelly??"

Quando ligas para um Apoio ao Cliente, das primeiras coisas que fazes é dar o teu nome, número de cliente e/ou número de contribuinte. E foi assim mesmo que começou uma das chamadas que fiz para uma empresa de comunicações. Dei o meu número de cliente e a senhora lá disse o meu nome correctamente, perguntou se estava a falar com a pessoa titular da conta, eu disse que sim e agora é que as coisas ficam estranhas... pelo resto da chamada a mulher dirigia-se a mim com tudo menos o meu nome. "Sra. Maria já conhece o nosso novo plano", "Sra. Ana o seu contracto ainda não acabou", tudo! É que nem chegou lá perto, nem rimava. Eu lá corrigi a mulher umas duas vezes, mas depois desisti. E se querem saber o melhor, foi que esta senhora para além de me ter baptizado umas 10 vezes, não me resolveu o problema.

 

"Já tentou desligar e ligar?"

Por norma sou uma pessoa bastante desenrascada no que diz respeito a tecnologias, raramento preciso de apoio, mas quando o meu computador decide ter um ataque nervoso sem aviso, eu tento de tudo e nada dá. Ele liga e desliga sozinho quando lhe apetece, as aplicações mexem-se sozinhas e escreve textos no word sem eu tocar no teclado. Uma certa altura fiquei na dúvida se deveria chamar um técnico ou um padre! Decidi ligar para o Apoio ao Cliente antes de sair de casa e levá-lo a uma loja. 40 minutos e lá me atenderam a chamada. Era um rapaz, estúpido, arrogante e alguém que estava prestes a ficar com uma deficiência física feita por mim! Mal me deixou acabar a explicação e esta foi a conversa:

Criatura: "Já tentou desligar e ligar o computador, senhora?"

Eu: "Já e estava a explic..."

Criatura: "Então tente outra vez!"

(Eu com muita paciência lá pensei que este homem fabuloso iria incorporar o meu computador e fazer funcionar em condições, por isso lá desliguei e liguei)

Eu: "Já está e continua igual."

Criatura: "Desligou e ligou bem?"

(Quer o quê??!)

Eu: "Sim, tenho a certeza."

Criatura: "Agora tente mexer no mousepad."

Eu: "Consigo mas ele não reage ao meu comando."

(E agora vem a parte fantástica da conversa)

Criatura: "Sabe, eu disse-lhe para mexer no mousepad, não no comando, esses computadores não vem com comando."

Eu: "Eu sei, mas ele não reage ao que lhe mando fazer."

Criatura: "Já viu se tem vírus?"

Eu: "Já corri o programa e diz que o computador está limpo."

Criatura: "Então se diz é porque está. Precisa de mais alguma coisa?"

Foi aqui que desliguei na cara do gajo porque as palavras que me iam sair da boca eram tão perversas que iam soar que estava a conjurar um demónio para o corpo dele.

Já agora, o meu computador apenas tinha as teclas presas e foi um tutorial no Youtube que me ajudou a resolver o problema.

 

"Ainda está aí?"

Se ligo para o Apoio ao Cliente, normalmente tentam sempre fazer publicidade de novos produtos que a empresa possa estar a oferecer e/ou fazem de tudo para que continuemos clientes. Neste caso não foi bem o que aconteceu. Liguei (mais uma vez) para uma empresa de comunicações para relatar um problema que estava a ter com o Wi-fi e a rede móvel e depois de explicar o problema e dar os meus contactos, isto foi 100% a conversa que tive com a mulher:

Criatura 2: "Já tentou desligar o router e voltar a ligar?"

Eu: "Já, e continua tudo igual."

Criatura 2: "Então é porque não estamos a funcionar muito bem nos seus aparelhos."

Eu: "Sim, eu já reparei nisso. Mas eu preciso de internet e não estou a receber comunicações no meu telémovel porque a rede não pára de cair."

Criatura 2: "Se o telefone estiver bom, use o telefone."

(Melhor solução que a mulher deu a chamada toda)

Eu: "Sim, mas eu preciso de usar a rede móvel obrigatoriamente. Não pode mandar vir ninguém cá a casa?"

Criatura 2: "Posso tentar. Aguarde."

20 MINUTOS DEPOIS!! E ela demorou este tempo todo para ver se eu ia embora provavelmente. Porque digo isto? Ora...

Criatura 2: "Ainda está aí?" 

Eu: "Sim."

Criatura 2: "Não há ninguém para ir aí."

Eu: "Então como posso fazer? Eu sou vossa cliente há mais de 2 anos e nunca tal me aconteceu!"

Criatura 2: "Se é nossa cliente há mais de 2 anos já pode anular contracto sabia?"

A partir daqui foi toda uma conversa estranha e desarticulada... Desliguei desta senhora, tornei a ligar e outra que me atendeu, conseguiu alguém para vir a minha casa no próprio dia e resolveu o problema.

 

Sendo estas histórias 100% verdade, só chego à conclusão de que provavelmente alguém me lançou um bruxedo para ter azar com ligações ao Apoio ao Cliente porque ninguém merece isto! 

Não sou a única pois não?

 

Arpv91WW.jpg

 

A Hipster Chique (passei tanto tempo em chamada com o Apoio ao Cliente que ele é o meu novo estado de relação do Facebook)

 

 

 

6 comentários

Comentar post