Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

15.Fev.17

#dia 32 - O inferno dos transportes

Das muitas coisas que eu não gosto, transportes públicos de longo curso é uma delas. É um ódio nada saudável e só ando de transportes públicos de longo curso por obrigação, não por escolha. Dentro desses transportes temos o avião, o comboio e o autocarro, mas o que me mete mais aflição nas entranhas é o comboio.

Ainda hoje usei o Alfa Pendular de Lisboa para o Porto e consegui vivenciar o porquê de odiar este transporte. A culpa é pura e simplesmente de criaturas que se esqueceram de como é ser humano. Algo falhou na sua evolução de homem das cavernas e dá nisto…

 

Bilhetes

Eu podia escrever um livro sobre este tópico! Quando vais comprar um bilhete na bilheteira e pedes para um lugar à janela, das duas uma, a mulher diz-te que só há lugares no corredor e tu chegas ao comboio e durante a viagem toda existem 20 lugares na carruagem à janela sem ninguém se sentar neles, ou, diz-te “está bem” e tu chegas ao comboio e o teu bilhete não é à janela. A atenção e boa-vontade desta mulher é tanta que eu fico parva que não me porem num comboio para Espanha na carruagem dos animais!

 

O pica

O homem que vem confirmar se tenho bilhete, eu estou a dormir e de repente dá-me a sensação de ter sentido um tremor de terra de 9 na escala de Richter! Ó homem, se me quer acordar para ver o bilhete toque-me no braço com calma, não me abane os orgãos todos cá dentro.

 

Vizinhos

Isto são aquelas pessoas que se sentam ao meu lado no comboio, aquelas pessoas que perderam a noção do que é ter um comportamento normal. Eu não tenho problemas em partilhar um espaço com alguém, mas quando as atitudes desse alguém fazem um chimpanzé parecer um ser superior, a coisa assusta.

Ora tiram os sapatos, e o odor que vem lá de baixo faz-me ter medo que haja um corpo morto há 2 meses debaixo dos bancos, ora acham que o espaço que me pertence, ou seja o meu banco, é metade para eles, ou então o mais enervante, eu a ouvir música com os fones e aquelas bestas não param de me tocar no braço e falam por horas! Se estou com os fones, quer dizer que não te quero ouvir a ti, nem a ninguém. Se achas que estou com ar de quem quer falar, não estou. Estou com ar de quem te vai asfixiar com os fones se não te calas!

 

Barulho

Pessoas que vão no comboio e estão a falar ao telemóvel ou com outra pessoa e aquilo que lhes sai da garganta é tão alto que nem os fones são eficazes! E de repente tu sabes que a mulher tem chatos, o cão morreu engasgado com uma cabeça da Barbie e o filho arranjou emprego no McDonalds. Cala-te ou baixa o volume! Haja santa paciência.

 

Domingo lá vou eu outra vez para Lisboa de comboio e espero que sejam as três horas mais rápidas da minha vida. Ou então não se esqueçam, domingo rezem um terço por mim!

 

55amxAqC.jpg

 

A Hipster Chique (passageira que gosta de ir à janela e de ser acordada gentilmente)

 

2 comentários

Comentar post