Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

Ter | 14.02.17

#dia 31 - Vamos sair à noite? Hum… não!

Quando chega o fim de semana um número considerável de pessoas pensa em sair à noite, ir beber um copo, dançar numa discoteca, socializar ou apanhar sífilis. Seja qual for a intenção, as pessoas gostam de sair à noite. Já eu, não! Eu sou uma pessoa caseira, uma pessoa do sofá/cama, dos snacks e dos refrigerantes e da Netflix. Raro é o momento que alguém me consegue tirar de casa, talvez quando há comida de borla envolvida, mas fora isso eu fujo e invento mil desculpas para não sair à noite. Um dos grandes motivos para eu não gostar de sair são as pessoas que encontro ou vejo. Meros desconhecidos que me fazem rezar pela humanidade. Que tipo de pessoas? Perguntam vocês e muito bem. Ora vejamos…

 

DJ´s

Eu sou fã de música que se pode ouvir e cantar de forma limpa e clara e a decibéis que não façam o meu canal auditivo desistir da vida. Hoje em dia vamos a uma discoteca ou bar e o DJ está a fazer tanta misturada que já não distingo uma música da Beyonce da Macarena. 

 

Preços

Percebo que um negócio precise de dinheiro para sobreviver, mas por vezes o valor pedido para uma entrada num bar/discoteca é tão alto que fico dividida entre pagar a conta da luz ou ir beber um copo de 8€, num local onde pago 25€ para entrar. 

 

Infantário

Certos locais contêm tamanho número de menores de idade que fico sem entender se estou numa discoteca ou num infantário. Depois acabo por perceber que são apenas crianças com cigarros na boca e vodka no copo. Eu culpo os pais e os seguranças do sítio e acabo por ir embora.

 

Dançar

Quem é que não gosta de dançar? Quase todos nós gostamos, não interessa se és profissional de dança ou amador, abanar o esqueleto sabe e faz bem. Mas quando vou a um local para dançar e de repente lá vem aquelas pessoas dançar, definitivamente profissionais e que fazem inveja ao Michael Jackson e todos gostam e aplaudem. Pois, eu não gosto nem vou aplaudir, porque enquanto vocês estão a dar um espectáculo de dança eu sinto-me mal porque pareço um frango com Parkinson que não distingue a perna esquerda do braço direito. Parem de humilhar aqueles seres descoordenados como eu.

 

Álcool

Eu já fiquei tocada pelo álcool algumas vezes e nunca se fica bem na fotografia. O que se deve fazer nestas situações é apenas ir embora para casa, vomitar na sanita, chorar na almofada, rir do piaçaba e dormir no chão da casa de banho. Não precisam de fazer essas figuras no bar onde estão. Se não se sabem controlar não bebam!

 

Não generalizo nada nem ninguém, apenas tinha de deitar cá para fora a minha tão sábia opinião. Provavelmente em relação a este assunto vão pensar que tenho uma idade avançada ou sou uma anti-social. Talvez metade disso seja verdade! 

I8VcmpXa.jpg

 

A Hipster Chique (a pagar a conta da luz e a gastar 10€ por mês em Netflix, ou seja, ficar em casa compensa)

8 comentários

Comentar post