Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

19.Ago.17

#dia 217 - A hierarquia

Em locais pequenos, como vilas ou bairros existem pequenas hierarquias que fazem com que tudo funcione muito melhor.

Esta hierarquia tem tanto pessoas de poder e pessoas que tem informação. Passei 20 anos da minha vida a viver numa vila pequenina e sempre que cá venho continuo atenta ao que se passa e a perceber se houve evolução. 

Por norma, não houve nem irá haver, mas vejamos como tudo se completa...

 

 

  • 10. A loja do chinês

A praga. Pode vir as crises todas, que elas irão multiplicar-se por mil a cada ano. Mas mesmo assim é dos sítios mais acolhedores da terra, pois sente-se o calor humano por trás de nós desde a entrada à saída da loja.

 

  • 9. O bêbado

A Mascote. Aquele que tem sempre lugar VIP lá na frente em todos os concertos da terra e que dá melhor espectáculo que a própria banda que está a actuar. Toda a gente o conhece e tem carinho pelo homem mesmo sabendo que naquele estado durante tanto tempo irá cedo dar o seu contributo para a agência funerária local, Consigo Sobrevivemos.

 

  • 8. A tasca

O Serve-Para-Tudo. O barman é psicólogo, psiquiatra e até terapeuta. Vende álcool com promoção, 1 para o cliente 2 para ele. Parece ser uma loja de conveniência, 24 horas por dia aberta, mesmo sendo ilegal.

 

  • 7. As cabeleireiras

As Psicólogas. As senhoras da arte do cabelo, uma espécie multifacetada que faz de padre, com confissões e homem dos correios, na entrega das confissões ao povo. Melhor local para a prática de psicologia.

 

  • 6. As mulheres traídas

As Sem-Vergonha. Elas tem gana, não tem vergonha de nada e mesmo sem existir traição são traídas. Difamar os maridos é o hobby preferido delas e tudo o que tem peito e rabo é a amante do marido . São as coitadinhas do povo mas ninguém se quer meter com elas. Uma espécie de Gollum da terra. O seu “precious” é o marido, que anda na mão de todas e que todas querem.

 

  • 5. O clube de futebol

Os Campeões. Os Melhores! Os Maiores! A religião predominante! Mesmo em 134º lugar!! O presidente é trolha mas em dia de jogo é o Pinto da Costa e os jogadores trabalham na tasca e no mini-mercado mas no dia de jogo são o plantel do Real Madrid. Venha Benfica ou Porto. Dia de jogo é dia sagrado, de culto.

 

  • 4. Os (supostos) vendedores de droga

Os Shopaholic. Fazem um gasto inexplicável de dinheiro? Usam roupa e carros de marcas excessivamente caras? Tem um negócio que dura há mais de três anos? Usa e abusa de caixas multibanco e cartões de débito/crédito? Almoça e janta todos os dias no restaurante? Resultado: vende droga, todos tem medo de ele e olham com um detalhe maluco para o teu tornozelo, porque na terra se usas pulseira no tornozelo, é porque vendes droga. 

 

  • 3. As coscuvilheiras

As Guionistas. Onde as estações de televisão deviam depositar a sua esperança de ganhar um Emmy. Defensoras da boa moral e costumes, ou assim dizem elas. Defensoras da vida alheia, digo eu. As únicas habitantes da terra capazes de fazer uma biografia do mesmo em 12+ volumes.

 

  • 2. O padre

O Papa. Com múltiplas facetas:
– O homem que fala e todos seguem, pior que Instagram;
– O homem que supostamente mantêm um caso amoroso com a beata mais popular, fresca ou libertina, algo fundamentado pelos ciúmes das outras beatas que já devem uns tantos anitos à agência funerária;
– O homem com cara de parolo que com um estalar de dedos tem a capacidade para formar máfia local, pior que Al Pacino.

 

  • 1. O rico

Patrocinador Oficial da terra. Poucos ou nenhuns sabem porque tal pessoa é tão rica, mas sabem que deu dinheiro para tudo, até para a construção de um banco de jardim.

 

E assim se vive na terra.

 

A Hipster Chique

17 comentários

Comentar post