Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

Ter | 31.01.17

#dia 17 - Adolescentes, o antes e o agora

Tenho 25 anos e desde há três anos para cá que tenho convivido com uma adolescente de 14 anos quase todos os dias por várias horas. Depois de ter observado o seu comportamento sozinha e com os seus pares, só posso dizer que estou assustada e em pânico com o futuro destas gerações. 

Se és adolescente ou já passaste por esta fase de hormonas descontroladas e estupidez desmedida sabes que as coisas mudaram. Comecei então a pensar nisso, a observar melhor e decidi tomar nota dessas mudanças e lá vai disto…

 

Castigo

Antes: Atitudes graves ou menos graves tinhas duas opções: chinelo ou cinto. Conclusão, não havia reclamações.

Agora: Um aviso ou uma semana sem um equipamento tecnológico e está feito. Conclusão, viram selvagens mal-educados.

 

Amor

Antes: Antes dos 16/17 anos não havia muito contacto físico, uma dança aqui ou ali, os beijos eram nojentos, os rapazes cheiravam mal e amor de alguém era algo a ser conquistado aos poucos.

Agora: Três palavras, Filme de Terror! Começam logo aos 11/12 anos, beijos é para bebes, quanto menos roupa mais “amor” atraem e já para não falar na prática do coito que passou de ser algo intimo e pessoal para uma competição para ver quem primeiro consegue “perder os três”. Já para não falar em relações românticas, que de romance não tem nada e que a mudança de companheiro/a é feita duas vezes por semana (no mínimo!).

 

Brincadeiras

Antes: Uma bola de futebol rasgada e quatro pedras ou uma sala cheia de tecidos e caixas de cartão era suficiente e dava para múltiplas brincadeiras. Podia jogar á bola com os sapatos da primeira comunhão que não importava. Fazíamos campeonatos de tazos de Pokémon e jogávamos ao berlinde e eram horas de diversão!

Agora: Se não é brincadeira que inclua tecnologia já não é interessante. Se a bola não é de marca e os ténis de desporto não são apropriados ninguém se mexe. Os Pokémons voltaram, mas adivinhem?? É preciso internet, um telemóvel bom e carregadores portáteis de bateria. Não iremos precisar de robôs, os robôs somos nós!

 

Linguagem e Comunicação

Antes: Usávamos o telefone de casa, os pais combinavam com os outros pais e a comunicação a partir daí era feita pessoalmente. Também chegamos a usar telemóveis, mas era só para coisas importantes, não havia sms’s ilimitadas e essas eram escritas num português correcto.

Agora: Smartphone, tablets, computadores e aplicações são a comunicação destes dias. Podem estar no mesmo local que preferem trocar mensagens a falar pessoalmente. Quanto á linguagem? É aqui que a língua portuguesa tem um AVC. As abreviaturas para tudo e os emojis fazem com que para ler uma mensagem eu tenha de usar quatro regiões diferentes do meu cérebro!

 

Amizade

Antes: As amizades eram agradáveis, duravam e as intrigas nunca eram assim tão graves que fizesse uma amizade acabar. 

Agora: Há amizades que duram 2 segundos e amizades que dura 2 minutos. Melhores amigos são rotativos por temporadas e o tratamento que fazem uns aos outros é assustador. Chamam p*ta e vaca a uma melhor amiga e em primeiro lugar isso ofende os animais e em segundo, quem é que vos educou para eu lhes ir dar um mimo na cara com uma cadeira violentamente devagar!?

 

Hoje em dia poucos são aqueles adolescentes e/ou pais que não se enquadram nestas descrições. É assustador mas ao mesmo tempo é a evolução humana e o que conta são as escolhas que cada um faz. Eu fiz muitas asneiras e nem sempre foi tudo tão bonito mas as escolhas que fiz ao crescer é que me ajudaram a tornar-me numa pessoa melhor, por isso não desistam, ainda há salvação. 

ZiA_nzLu.jpg

 

A Hipster Chique (ex-adolescente com múltiplas personalidades)

 

6 comentários

Comentar post