Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

21.Jun.17

#dia 158 - Eu... preciso de ajuda... talvez...

Então é assim, este post ou é um grito por ajuda ou é uma verdade que não pode ser alterada. Em conclusão, eu tenho um problema.

Eu gosto de ir às compras quando tenho dinheiro e disposição. Não gosto de ir às compras quando há muita gente no centro comercial e pouco dinheiro na carteira.

Mas vamos falar de quando vou às compras...

 

 

Roupa "básica"

Quero comprar roupa e assim que entro em lojas os meus olhos fazem sempre o mesmo exercício:

- Procuro a roupa mais básica

- Cores claras

- Poucos rasgões

- Poucos adereços

- Encontro, depois de 84 anos de procura

Conclusão, compro duas t-shirts simples, com um desenho pequenino no canto talvez, um jeans azuis e sapatos com brilhantes e unicórnios desenhados.

Conseguem ver o problema? O que de errado se passa na minha cabeça para começar com uma ideia que quero coisas básicas e sem padrões e depois há sempre um objecto que compro que foge à regra de uma maneira louca.

Não escapa... No outro dia, carteira rosa com purpurinas, que cegava um cego... há umas semanas, camisola com mais flores que um jardim botânico... há uns meses, um casaco tão brilhante que posso dar férias ao colete reflector.

 

 

 

Sephora

Nome inofensivo para vocês, inferno para mim. Quando vou a um centro comercial que tem Sephora a ideia é passar longe, bem bem bem bem longe!! Porquê?

Eu entro e penso "Vou só ver o que tem.", passo num corredor, passo noutro e há algo que começa a funcionar mal. De repente dou por mim com um perfume que cheira a formigas com sarampo, cotonetes para limpeza de poros capilares, máscaras faciais que acabam por me arrancar pestanas no processo, escovas de maquilhagem com tamanhos inúteis e outras coisas que nem eu mesma sei porque levo.

Já para não falar do nome dos produtos que por vezes compro, um dos últimos dá-se pelo nome de "Orgasmo". O que deve dizer muito (pouco) sobre mim.

 

 

Clube da Vaca Gorda

Não, escusam de pesquisar no Google sobre este clube, até porque se fizerem, as primeiras pesquisas serão sobre o Bruno de Carvalho. Uma vaca gorda anónima...ups! Mas afinal de que estou eu a falar? 

Estou a falar de um restaurante fofinho, chamado Chimarrão que me fez entrar no clube da vaca gorda. Eu vou ao Chimarrão e escolho sempre o menu Perninhas de Frango e vai com arroz, feijão e batatas fritas. Bomba calórica!

E o mais triste é que comia três pratos destes seguidos!!

Assim que ouço a senhora perguntar:

- "Quer com dois ou três acompanhamentos?", a minha mente vira...

- "DOIS! ABSURDO!! QUE VIGARICE DE PERGUNTA!! QUERO QUATRO E PAGO O EXTRA!! SE FOR PRECISO EU MATO AS GALINHAS!", eu respondo...

- "Quero três. Obrigada!", e a mulher começa a meter para o prato e a mente ataca de novo...

- "QUE VERGONHA DE COLHERADA! PONHA MAIS!! SOU DIGNA DE PORÇÃO DE FEIJÃO QUE REBENTARÁ ATÉ A SANITA MAIS FORTE ESTA NOITE!", mas na realidade eu...

- "Obrigada. Está bom assim."

(uma hora depois)

- "Boa noite, queria o menu Perninhas de Frango com três acompanhamentos.", e a mulher...

- "Boa noite. Por aqui outra vez?", e eu (tristeza)...

- "Eu?! Quem?! Como?! Como se atreve?!... Sim...".

Pois...

 

I need help... or maybe not...

 

A Hipster Chique

7 comentários

Comentar post