Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

Ter | 23.05.17

#dia 129 - Pray for the World

Aconteceu, mais uma vez... a podridão do ser-humano demonstrou ainda estar bem presente entre nós. Nestes últimos dias parece que aconteceu até mais que uma vez. 

Tudo começou ontem à noite quando durante uma visita ao Twitter me dou conta da hashtag #PrayForManchester e após uma pequena investigação vi que se tratava de um possível atentado que aconteceu no Manchester Arena, no fim do concerto da Ariana Grande, onde um bombista suicida fez uma explosão que até ao momento tinha causado 15 mortos e 45 feridos.

Imediatamente pensei que seja lá quem tenha sido o filho da p*ta, o alvo foram em maior parte crianças inocentes que apenas se queriam divertir ao som do seu ídolo num local onde apenas estariam a colectar boas e felizes memórias.

As televisões mostravam o sofrimento, a confusão e o horror. Os números das vitimas aumentavam e a esperança de ter sido um acto isolado e não um acto de terrorismo diminuía. Dizem agora que o Daesh reivindicou o ataque...

Com ou sem Daesh, este foi um atentado à vida humana e não podemos ficar indiferentes.

Hoje os mortos vão em 22, os feridos para mais de 50 e o número de fotografias espalhadas pelo Twitter e outras redes sociais de familiares e amigos que não conseguem encontrar os seus após este terror são cada vez mais.

 

Mais tarde fiquei a saber que também em Marawi houve um ataque de combatentes extremistas a um hospital, onde pelo menos um polícia morreu e em Bangkok, num hospital militar, uma pequena bomba foi lançada fazendo 25 feridos. 

É o mundo em que vivemos.

 

Contudo, como disse, não podemos ficar indiferentes ou parados a olhar. Mesmo que não façamos algo em concreto, algo "físico", podemos pelo menos tentar mudar mentalidades e/ou sermos melhores. Claro que nada muda de um dia para o outro, nem falas bonitas vão fazer uma diferença assim tão grande a nível mundial, mas podem fazer diferença nas nossas vidas ou na vida de alguém. Ajudem se puderem, sejam boas pessoas, falem e tentem fazer a diferença.

Não deixem de ir concertos, de ir passear, de conviver só porque certas pessoas acham que nos podem tirar a simples liberdade que todos temos direito, a liberdade de viver. Nós temos escolha.

 

Eu rezo por todos os que sofrem na mão de pessoas más neste mundo, às vítimas e familiares de Manchester, Marawi, Bangkok, aos que lutam frente a frente com o caos e por todos os que recusam ter medo!

 

Eu escolho ter liberdade, escolho ajudar o próximo, escolho ser melhor e escolho não ter medo!

 

A Hipster Chique

 

11 comentários

Comentar post