Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

A Hipster Chique

As trivialidades de uma geek, talvez um pouco hipster, com algum sentido de humor e criatividade q.b..

Qui | 18.05.17

#dia 124 - Queimas e semanas académicas

Estamos na altura das queimas e das semanas académicas e eu como finalista este ano quero aproveitar de outra maneira. Uma decisão que me vou arrepender de tomar. Eu se calhar, já me arrependi.

A malta gosta de se divertir e o que importa é o convívio, os amigos e o bom ambiente. Tudo isto é muito bonito, mas há coisas/pessoas que por vezes fazem esses momentos ficaram estranhos. Eu sendo rapariga que não se importa com estranhezas, posso dizer que há algumas que nem com rezas melhora...

 

Skank Reflex

Para quem não sabe ou desconhece, skank reflex é quando o teu cortex pré-frontal falha em fazer-te feliz a promiscuidade recompensa-te com uma inundação de dopamina. Ou seja, por simples palavras, não estás feliz e ser pega ajuda a melhorar isso.

Uma amiga minha é um pouco assim, mas no caso dela, usa o álcool como activação dessa recompensa de dopamina, ou seja, vira pega assim que toca em álcool.

Ir com ela sair há noite é um pesadelo. Assim que nos dirigimos à bebida, 5 minutos depois não sei onde ela está e 98% das vezes está no canto mais escuro em actividades perversas com um rapaz "sem nome". Os outros 2% está a beber ainda mais ao ponto de a encontrar a dormir na casa de banho (factos reais).

Eu adoro-a e ela é uma pessoa cinco estrelas, inteligente, mas se bebe lá se vai... Assim como ela, um bando delas.

 

Mijadeiro

Até hoje sempre reparei que casas de banho é algo estranho em festas deste género. As portáteis são para raparigas, as paredes para os rapazes. Agora quando chegamos ao ponto de ser tudo no chão e parede, algo está muito errado.

Ver raparigas de cócoras a exercer a libertação de fluídos em pleno canto do recinto é novidade. Talvez pelo cheiro imundo das casas de banho portáteis, ou pela aflição causada pela espera ou por simples intoxicação grave do fígado. Seja como for, naquele recinto o mundo é um mijadeiro.

 

"Eu quero voltar p'ra ilha"

A frase que mentalmente muitos repetem mentalmente na semana académica, principalmente porque é realizada sempre com o rio mesmo ao lado. A quantidade de pessoas que eu já vi a querem ir a banhos durante a festa é enorme. 

Há mais polícia na berma para o rio do que na entrada, tal é o número de Michael Phelps amadores que para lá andam.

 

Música??

Não sei quanto à maior parte das pessoas, mas pelo menos as que conheço melhor e eu mesma NÃO vai para lá por causa da música, porque nem me interessa quem vai e segundo há com cada DJ/banda que valha-me Deus. Certos dj's simplesmente passam 1h a bater com uma martelo numa mesa e a reproduzir o som com um zumbido por trás. 

 

Independentemente disto tudo, o que interessa é que se divirtam e que tenham cuidado. 

 

A Hipster Chique

 

P.S. Visitem o blog da C.S., Há mar em mim, eu participei na nova rubrica dela, Às quintas viajamos... e falei da minha viagem a Roma e dos meus ténis, que Deus os tenha em paz.

25 comentários

Comentar post

Pág. 1/2